sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Competição sexual e religião

De acordo com um artigo publicado na New Scientist, a imagem de uma pessoa atraente do sexo oposto aumenta o sentimento religioso dos individuos.

O estudo foi efectuado entre estudantes cristãos e teve um grupo controle. A hipotese avançada é a de que a escolha de um sistema de normas monogâmico seria fortalecida pela ameaça de competição sexual.

Eu penso que para testar essa hipotese devia-se repetir o estudo com solteiros de religiões que não recomendam a monogamia. Penso que existe a hipotese de que o sentimento expressado fosse o mesmo, ou seja, mais elevado a quem foram mostradas as pessoas muito atraentes do que àquelas que foi mostrada uma amostra vulgar do sexo oposto. Talvez também tenha o factor "Ha! Deus afinal sempre existe" envolvido. Seja como for, era boa ciência que essa hipotese fosse testada.

No mesmo artigo fala da procura de Deus para aliviar o stress. Mas isso dificilmente é noticia.

referencia:

http://www.newscientist.com/article/dn18388-anxious-or-sexually-competitive-try-god.html

Enviar um comentário