sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Autohemoterapia - fracas (muito fracas) evidências para tão grandes alegações.

A auto-hemoterapia é a prática supostamente médica de usar o próprio sangue de um paciente para o tratar, tirando 10 a 20ml de uma veia e depois administrando via intra-muscular.

Não só isto não faz sentido como não existem artigos rigorosos e metodologicamente correctos a sugerir que isto funcione mesmo que seja por algum mecanismo mal compreendido. Foi a conclusão a que cheguei (1) quando pesquisei para escrever a primeira vez sobre o assunto no blogue e foi a conclusão a que chegou o Dr Leandro (2) no seu blog.

Em defesa da auto-hemoterapia, o Joel Martini de Campos, que suponho já ter sido aqui comentador também, avança com 2 links. Só li aindacompletamente o primeiro, o que já justifica este post. 

É um artigo de 1940, que diz ter sido publicado na revista Brasil-cirurgico por Jésse Teixeira. É logo mau sinal ser um artigo tão antigo a aparecer numa pequena lista como suporte de uma pratica médica que alega servir para tanta coisa. Normalmente artigos de 1950 para trás so servem para dizer em que ano se descobriu determinada coisa, não para sustentar a sua pratica clínica nos dias de hoje. Mas pelos vistos os auto-hemoterapicos não têm muito melhor para apresentar.

E a leitura do artigo revela logo uma serie de problemas. Nos dias de hoje não seria aceite nem como trabalho de faculdade do primeiro ano.

 - Esta extremamente mal citado. Não há referencias para lá do nome próprio e apelido de quem diz o que.

 - As conclusões que tira estão fora do ambito do tema principal do artigo - o que mostra que não foi desenhado para esse fim.

 - Não é um estudo com controle com placebo.

 - Não é um estudo cego em que nem paciente nem médico sabe o que está a administrar no tratamento. É importante para afastar tentativas de fraude, contornar o efeito placebo além da tendencia natural humana para confirmação positiva (confirmation bias).

Isto seria na melhor das hipoteses um artigo se screening em que a conclusão seria que são precisos mais estudos. Mas estamos em 2011 e ainda é apresentado como prova. Prova de que é treta, só pode.

Faz afirmações como "foi muito mais rápido do que se não se tivesse usado auto-hemoterapia". Mais rápido comparado com que? Placebo? Não. Tratamento normal? Também não sabemos, não há qualquer espécie de controle. Como foi a evolução ao longo dos dias? Também não sabemos. 

O segundo link vai dar aqui (3). E para além da noticia linda de um apresentador de televisão que cura um paciente com cancro. Tem mais uns 10 artigos. Muito pouco. Segui o primeiro (4) porque era de veterinária.

É o artigo sobre um caso único, de uma época em que ainda não se sabia que o tumor venereo transmissivel ou Sarcoma de Sticker era causado por um virus - ou pelo menos o artigo não menciona isso - e em que diz que se fez auto-hemoterapia antes de se aplicar um tratamento que se sabe ser extremamente eficaz.

Diz que depois da auto-hemoterapia o tumor diminuiu de tamanho - não diz quanto - e deixou de sangrar. É possivel que tenha deixado de sangrar... Mas isto é quase a definição de "confirmation bias". Pequenas coisas que servem para confirmar algo como positivo. É uma tendencia natural humana. E chama-se a este tipo de estudos evidência anedótica. (um caso, sem controle, não cego, poucas alterações consideradas como sucesso).

Não li mais. Mas suponho que são todos assim. Não servem para provar uma area nova na medicina.

Grandes afirmações requerem grandes provas. É preciso explicar porque? 

PS: O autor original teve de fechar os comentários. Qualquer tentativa de SPAM, sob qualquer aspecto, será como outras vezes, apagada. Para deixar opinião não é preciso escrever 1000 vezes a mesma coisa. Isso não a torna verdade. Quem quiser um "blogue" para escrever sobre os mesmos assuntos que faça um, se quiserem eu até ajudo a começar (conheço o Blogger, não é?), mas na realidade é muito fácil.

(2)http://leonardof.med.br/2010/07/07/auto-hemoterapia-nao-tem-comprovacao-cientifica/
(3)http://www.rnsites.com.br/auto-hemoterapia.htm#TOPO
(4)http://www.rnsites.com.br/Auto-Hemoterapia-cadela.pdf

Enviar um comentário