quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Auto-hemotreta. Quando simular um derrame é suposto curar.

Os defensores da auto-hemoterapia são poucos mas muito activos. Há então dois ou três, que parece que não fazem mais nada a não ser divulgar essa pseudo-ciência.

Hábeis utilizadores da sempre implacável "evidência anedótica" e com uma capacidade singular de apelar para autoridades desconhecidas ou dubias sem tremer, enchem páginas e páginas - como se escrever sobre o assunto fosse tão simples como fazer copy-paste.


Tentei-lhes explicar que as coisas não são verdadeiras só porque são velhas.
Que doenças que passam sozinhas não servem para avaliar eficácia com casos isolados. (Duh!!).
Expliquei que doenças crónicas tem ciclos na sintomatologia.
Expliquei porque precisamos de estudos duplamente cegos e controlados com placebo.

Tentei chamar a atençao de que aquilo causa inflamação e stress mas não tem um mecanismo plausivel para cura. E que cura é uma coisa e tratamento é outra. Mas nem uma nem outra. Nada.

Como insistiam que se fazia na Europa em animais, contei que sou veterinário na Europa. E um no activo. Choveram insinuações relacionadas com os meus conhecimentos da especialidade.

Hoje, por causa já não sei de quê, fui dar a uma página sobre hepatite. Que tinha uma copia "on-line" de um comunicado da Sociedade Brasileira de Hematologia.
Sobre a auto-hemotreta. E o que eles dizem? Dizem assim (excerto):

"PARECER CIENTÍFICO SOBRE AUTO-HEMOTERAPIA No final do mês de março de 2007, a Sociedade Brasileira de Hematologia e Hemoterapia (SBHH) \"Frente a inúmeros questionamentos recebidos, tanto por parte de profissionais médicos como não médicos, relacionados à suposta prática denominada \'auto-hemoterapia\' \", divulgou um COMUNICADO contra. A Sociedade Brasileira de Hematologia e Hemoterapia- SBHH, frente a inúmeros questionamentos recebidos, tanto por parte de profissionais médicos como não médicos, relacionados à suposta prática hemoterápica denominada \"auto-hemoterapia\", vem a público esclarecer o que se segue: A Sociedade Brasileira de Hematologia e Hemoterapia NÃO RECONHECE do ponto de vista científico o procedimento \"auto-hemoterapia\""

Para apelo à autoridade bem feito temos de apelar para as verdadeiras autoridades. Parece-me que é o caso.

Em: http://www.portaldahepatite.com/index2.php?ctg=1&nt=90
Enviar um comentário