terça-feira, 16 de junho de 2009

Semana da Homeopatia

A Associação Britanica dos Homeopaticos declarou que esta era a semana da consciencialização da homeopatia (14-21 Junho) . Mais concretamente na lingua original:"Homeopathy awareness week" (1).

Pois bem, eu acho a ideia óptima. Vamos nessa. Comecemos pelo principio.

O que é a homeopatia?

A homeopatia é a pratica baseada na afirmação que se encontrarmos uma substancia que produza os mesmo sintomas de uma determinada doença e diluirmos até ficar quase com agua pura, temos uma cura para essa doença. Assim, como que por magia.  Resumidamente, parecido cura parecido: "Like cures like".

O hocus-pocus é bem refinado. Na realidade, enquanto se fazem as diluições tem de se bater com os recipientes na vertical um certo numero de vezes. Não ter que se efectuar cantigos pré-históricos é uma sorte. Mas dizem eles, que assim tiramos proveito da chamada "memória da agua"(2). algo que será uma realidade comprovada  noutro universo e publicado entre nós  no "European Journal of alternative chemistry", edição imaterial 2009, Chamon et al, pag 267.

O que há de cientifico ou racional na afirmação anterior? Nada, nickles, niente, rien. A ideia que os parecidos tratam os parecidos (like cures like),  foi tirada da cartola por um médico, há seculos atras, chamado Samuel Christian Hahnemann, e baseada numa única  observação por ele feita.

Depois disso foram descobertas as causas infecciosas, tóxicas, degenerativas, traumáticas, neoplasicas, congenitas e vasculares das doenças. Mas os homeopatas não deram por isso. Continuam a dizer que são os miasmas. Miasmas, duendes, podia ter-lhes dado para outra coisa qualquer. Porquê os miasmas, é um mistério para mim.

Quem achar que a vacina é um exemplo funcional de homeopatia também se desengane. As vacinas são compostas por partes do agente que causa a doença ou por este agente morto ou atenuado e muito importante é que não causam os mesmo sintomas da doença. That's the point of it! Nem são estupidamente diluidas como se não houvesse amanhã.

Continuando. A parte das diluições também não tem justificação na química e física actuais. A explicação de que a agua tem memória só fica na memória por uma tentiva de fraude famosa aquando dos seus testes para a revista Nature e a que o grande Randi assistiu. Tst, tst, not the way to go.

E depois é a tal coisa da cura. Não é uma afirmação de que trata ou melhora. É que cura! Actuando directamente sobre os miasmas a agua activada actua holisticamente sobre o corpo todo e CURA a doença. Com agua. Que ataca os miasmas. Certo? Não errado. Como mostram os estudos metodologicamente correctos e idóneos, não publicados em revistas como o "American journal of vudu and homeopatich praise".

Semana da consciencialização acerca da homeopatia. Vamos a isso. Espero que os meus colegas bloguistas de ciência alinhem.

(1)http://www.trusthomeopathy.org/what_you_can_do/homeopathy_awareness_week.html

(2)http://www.trusthomeopathy.org/research/how_homeopathy_might_work.html

Enviar um comentário