quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Fitas Kinesio vão aos jogos olimpicos. Mas funcionam?

As fitas kinésio (KT; tape = fita) foram distribuidas livremente pelos atletas nos Jogos Olimpicos de Pequim e nestes ultimos jogos já  foram bastante usadas por procura direta. Estas fitas adesivas coloridas, inventados por um acupunctor e quiropratico japonês são alegadamente capazes de aliviar a dor, melhorar a performance, re-educar o sistema neuromuscular, prevenir lesões e melhorar a capacidade de regeneração e melhorar a circulação  quando aplicada na parte pertinente do nosso corpo.

Ligaduras, talas e outros suportes físicos são usados com vários fins semelhantes na medicina normal e são racionalmente explicaveis, por isso podemos admitir alguma plausibilidade nas alegações numa primeira abordagem, desde que não se aleguem também grandes e rápidas melhoras para lá do esperado por outras ligaduras. O que soa um bocado a ser o caso mas até aqui fica o beneficio da dúvida. Ser pau para toda a obra e usar linguagem vaga como "re-educar o sistema neuromuscular" também é um bocado estranho...


A coisa começa a complicar mesmo quando nos explicam que têm "a mesma elasticidade da pele e assim não têm a desvantagem de um suporte rigido", que "levantam a pele microscopicamente e assim melhora a circulação linfatica" e que este "levantamento da pele leva a uma diminuição da inflamação nas areas afectadas". Aliás o criador diz mesmo que acredita que "muita da dor muscular e articular vem deste espaço entre a derme e a epiderme". E é neste contexto que são repetidas muitas vezes as mesmas vantagens e apresentado o produto como "um tratamento de fita adesiva reabilitante definitivo".

Ok, aqui estão a precisar realmente de algo que justifique estas afirmações todas. Cada um pode dizer o que quiser, e até acreditar, mas o importante é saber como é que se sabe. Que evidências há?

É a este propósito, feita também a afirmação de que foi estudado empiricamente durante anos para sustentar todas estas alegações, mas não se encontram esses resultados publicados nos sitios adequados para ser submetidos a peer-review. Na realidade não encontrei onde ler nenhum desses estudos do desenvolvimento das fitas. Mas fica claro que estamos perante algo que pretende ser novo no modo como atua e não apenas mais um tipo de ligadura elástica. Mas isso requer novas provas. E é um bocado chato que não facilitem o acesso aos estudos que fizeram para lá chegar.

Mas há um metaestudo recente (estudo dos estudos),  indenpendente, publicado numa revista com  peer-review, feito portanto já acerca das fitas kinesio que andam por aí no mercado.

O que diz? Diz isto:

Encontrados 97 estudos, apenas 10 correspondiam aos critérios de selecção. Resultados:

Efficacia para a dor: Trivial, sem relevancia clinica.
Amplitude de movimentos: Resultados inconsistentes - Melhora pequena em dois estudos, trivial noutros dois.
Força: Positivo na maioria dos casos, (alguns negativos apenas para determinados musculos). Também alguns efeitos particulares sobre os musculos foram observados e mas sem ser claro se eram positivos ou negativos.

Conclusão : Pouca evidencia para suportar o uso de KT em vez de qualquer outra fita elástica na prevenção de lesões desportivas. KT pode ter um pequeno papel benéfico em aumentar a força e melhorar a amplitude de movimentos mas são precisos mais estudos que confirmem estes achados. A quantidade de casos em estudo e o suporte pela evidencia anedotica para o KT pedem que se façam mais estudos experimentais bem desenhados (planeados), particularmente para os casos de lesões desportivas de modo que os praticantes possam saber se o KT é benéfico ou não para os atletas.

Traduzido daqui: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/22124445; estudo publicado na Sports Medicine em  Fevereiro de 2012.

Bem, é o que há. O que eu posso acrescentar? Não use estas fitas adesivas sem recorrer a um dianóstico médico convencional pois pode não ser o que precisa. Se o médico achar que uma fita elastica deste tipo de tensão é adequado parece-me que estas têm umas cores magnificas e vão dar muito sucesso na praia. 

Enviar um comentário