quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Breves do dia.

A Igreja não perdoa a Darwin: Pensei que a parte difícil era compreender a evolução, afinal é mais difícil perdoar. Mesmo para uma Igreja.
Reiss é deposto, como previ, da Royal Society e Dawkins escreve uma carta sobre o assunto em que não mostra tolerância nenhuma para com o Criacionismo. E diz que Reiss só queria mostrar que, ao contrario dele próprio, é tolerante. Propõe que Reiss seja readmitido entre os cientistas mas que saia da Igreja onde é "ordained minister". Pede desculpa de ter na altura comparado a nomeação de Reiss, para a Royal Society, a um sketch dos Monty Pyton. Para quem não sabe Richard Dawkins é um prolifero divulgador cientifico além de ter publicado trabalhos originais. E ainda por cima sabe escrever muito bem. A carta pode ser lida no site da New Scientist mas eu aconselho mesmo é, se puderem, a ler qualquer um dos seus livros.
Enquanto que parece que as Igrejas estão a recuar os políticos estão a avançar com o Criacionismo. Palin a vice de Mcain é apontada como defensora do Criacionismo nas escolas. No país com maior produção de Tecnociencia do mundo.
Enviar um comentário