sexta-feira, 30 de julho de 2010

Pequenas coisas que podemos confirmar fora da discussão do clima.

Mas que podem levar a compreender o sentido das previsões cientificas:


- O CO2 causa "efeito de estufa"
- Existe mais energia livre no sistema terrestre devido a esse efeito.
- A vida esta adaptada a determinados parametros que não se podem alterar rapidamente
- Muitas bacterias e parasitas que existem em todo o lado, desde fungos a insectos existem em maior quantidade nos climas quentes.
- Estruturas dissipativas surgem quando um sistema esta longe do ponto de equilibrio. São estruturas que se formam para dissipar essa energia extra. Os furaçoes e ciclones são estruturas dissipativas.
- A agua tem o seu volume minimo a 4 graus. Se aqueceres vai aumentar o volume.
- Existe agua congelada acima do nivel do mar. Se derreteres vai para o mar.
- Se aumentares a temperatura as moleculas que passam para o estado gasoso aumentam. Mais agua vai passar ao estado gasoso. Infelizmente menos vai voltar ao estado solido pela mesma razão. O ponto de equilibrio muda.

12 comentários:

master atheist disse...

O CO2 causa "efeito de estufa"
- Existe mais energia livre no sistema terrestre devido a esse efeito.
certissimo e termodinamicamente a terra é um sistema aberto

- A vida está adaptada a determinados parametros que se podem alterar rapidamente

estão-se alterando no mar da china neste momento....

master atheist disse...

A agua tem a sua máxima densidade ou seja o seu volume minimo a 4 graus.

e esse é o problema, já escrevi antes mas repito-me
os oceanos são um armazêm de frio
quando dezenas ou centenas de milhões de km3 de água a 4ºc que estão nos fundos oceânicos se deslocarem

trarão, tal como no passado em que mega-alterações das correntes se fizeram, um abaixamento de 1 a 8º na temperatura global oceânica

logo afectará as massas gasosas por transferências de calor

quais as consequências,há várias no holoceno e não só documentadas, um dos vídeos do João vasco falam, brevemente delas

extra co2 diminuirá/atenuará os efeitos desse arrefecimento
se ele ocorrer?
Ninguém sabe mas é uma possibilidade

eu explicava melhor mas tenho pouco tempo livre
espero ter sido claro

master atheist disse...

prefiro rasoura de occam
a lâmina é um blog interessante

resumindo deslocação de correntes frias, com mega-caudais em regime hidrodinâmico turbulento.

alteração drástica das temperaturas
em questão de 20 ou 30 anos,frio polar, norte europeu, secas e temperaturas elevadas atlântico sul , kuroshivo e oya-shivo deslocadas, extinções em massa
alteração dos trade-winds
alíseos,
com alterações globais nas zonas inter-tropicais
há 12 modelos bastante bons
(infelizmente não tenho nada que me leia ficheiros rar)
cenários alternativos há muitos
fui mais claro?

master atheist disse...

referia-me a isto
Mistificação vs Lâmina de Occam

devia ser norma mas não é...

fui compreensível agora

Joao disse...

Master Ateist:

sinceramente não compreendo o que queres dizer.

Mas ha varias reservas de frio.

Todas acabarão um dia se tiverem de ser usadas.

Os arrefecimentos momentaneos, levarão a oscilações, não vejo que isso seja dificil de prever. Se forem oscilações suaves não ha problema. Se não, temos um processo inflamatorio a precisar de aspirina como se fosse um organismo!

ava n'tesma disse...

um dos seus estudos
FActors contributing to future sea level 1985-2030

thermal expansion 52%

apontavam para 14 a 24 cm de subida
o que não se concretizou
pela simples razão que o imenso reservatório de temperatura a 4ºC
não se expandiu nem 30% do esperado

os restantes 36% groenlândia
glaciares e antártica-12%
nada disto aconteceu e a antártida
considerada como inerte, revelou-se muito mais problemática

correntes submarinas podem ter vários regimes como todos os fluxos, mesmo em rios canais de fluxos de dimensões menores
alterações pequenas do regime provocam grandes desvios dos modelos previstos

alteração dos ventos
alíseos,devido a alterações das correntes provocariam disrupção total dos actuais padrões atmosféricos

não está a ver a questão, os gelos do ártico e antarctico são apenas
cerca de 40 milhões de km3 de água a 0ºC, os oceanos são mais mais de 30 vezes esse volume só 2% dele acima de 4º C
percebe a dimensão
são estas massas de água e as suas correntes que mantêm a temperatura

fecho do Istmo do panamá no final do Pliocénico Inferior, levou a alterações brutais no hemisfério norte em termos climáticos

Els caràcters que has introduït no coincideixen está sendo difícil enviar fico por aqui

Joao disse...

Avantesma:

Pois, pode haver descidas da temperatura locais momentanras por mecanismo que levam a compensações.

Mas se continuar a conservar-se tanta energia que entra e não se para de o fazer, todos os resevatorios de frio serão extintos. So sobram aqueles que estejam isolados e por isso não possam aquecer ou funcionar como verdaedeiro reservatorio de frio.

Banda in barbar disse...

tentemos outra vez é a dimensão.....do processo e a pretensa ou não capacidade homeostática da terra...
1ºRobert socolow@princeton.edu

há uns anos defendia alterações dramáticas, hoje é um adepto
institucional
é director da Carbon Mitigation Initiative

mas ainda é dos poucos que tenta quantificar o processo
e não há acumulação continua
há dissipação também através das camadas exteriores da exosfera
dissipação térmica e molecular
perdemos massa acrescida devido a isso
ele acredita numa emissão de 30 gigatones de CO2 neste ano e 60 GTon's em 2030
os seus planos de sequestração de carbono além de injecção directa em reservatórios geológicos

incluem sequestração biológica
se as correntes frias começarem a ascender virão cheias de nutrientes blooms algais gigantescos desenvolver-se-ão sequestrando centos de Megatones de CO2/ ano
já aconteceu no passado, acumulação muito superior à decomposição/predação levaram à acumulação em depósitos de
querogénio
(que originaram o gaz e petróleo)
pode voltar a acontecer
está acontecendo pontualmente

Banda in barbar disse...

Armstrong segundo um esquema de Bardach
Define the dimension do problema.

What are we trying to achieve?
Assemble the total evidence.

What are the facts?
Construct policy alternatives. What can we do?Hidrogénio, solar, CO2 sequestro
Select the criteria.
How are we going to decide which is the best policy of CO2 reduction?
Project the outcomes of each policy option.
What would happen if we tried this?
Assess the trade-offs. How much will this cost?
What are the chances of success? Could this tactic create some other problem?
Decide. What are you going to recommend?
raros são os que tentam cumprir alguns dos passos nos seus
trabalhos

Banda in barbar disse...

205,733 kg of coal…..
92,652,841 litres of gas….
156,284 litres of oil…..
…….. A SECOND
x 31 milhões de segundos/ ano
estas estimativas são provavelmente
baixas porque não contabilizam as perdas,nem os consumos não declarados
por isso lançam-se nºs que variam 40 a 50%
sem um estudo multidisciplinar abrangente
com custos de biliões de dólares
nada se quantificará
maior será a incerteza

Banda in barbar disse...

descobri ontem (ou hoje deviam ser 2 ou 3horas)
que já tinha estado aqui em Abril
no dia 25, logo creio ser anterior à primeira visita krippalista

a ciência precede o ateísmo
ou o ateísmo a ciência

Joao disse...
Este comentário foi removido pelo autor.