terça-feira, 2 de outubro de 2012

Já há 400000 mil mortes por ano devido às alterações climáticas.

Os 20 países mais vulneráveis às alterações climáticas, produziram, com o apoio das Nações Unidas, um relatório sobre o impacto atual do problema. Este relatório resulta da análise de dados cientificos e é elaborado por um painel variado de especialistas.

Chama-se " Climate Vulnerability Monitor: A Guide to the Cold Calculus of a Hot Planet"

Pontos a salientar:

- Já morrem cerca de 400000 pessoas devido às alterações climáticas por ano.
- Os custos são já de 1,2 triliões de dollares (triliões americanos ou seja 10e12) ou seja 1,6% do produto interno bruto do mundo.
- Os paises mais afectados são os que estão em  vias desenvolvimento onde danos na produção agricola resultam em fome e mortes.
- A poluição do ar pelos combustíveis fósseis causa 4,5 milhões de mortos por ano.

O maior ponto a salientar é que isto são problemas já verificados, não uma previsão para o futuro (embora j
á tenham sido apenas previsões)



Via "The Guardian"

Abaixo estão ligações que podem ser uteis sobre o assunto assim como a noticia do Guardian onde se fala deste estudo. Lá há mais hiperligações.

Quantificada a a ligação com fenómenos climáticos extremos:

http://www.guardian.co.uk/environment/2012/aug/07/nasa-scientist-high-temperatures-climate-change

Custos nos oceanos:
http://www.guardian.co.uk/environment/datablog/2012/mar/26/climate-change-oceans

Estudo da Darpa:

http://www.guardian.co.uk/environment/2012/sep/26/climate-change-damaging-global-economy?newsfeed=true
Enviar um comentário