sábado, 12 de janeiro de 2013

A expandir a conversa sobre o aquecimento global.

Ironicamente, os Estados Unidos da América, são dos países que mais estão a ser afectados pelo aquecimento global. Este ano tiveram um ano record de temperaturas máximas e fenomenos extremos.

São também dos países onde a discussão parece mais polarizada, com cientistas da natureza de um lado, bloggers e economistas do outro. Mas apesar disso, são também o país de onde, também neste caso, parece vir a melhor ciência.

Naturalmente que estão mais virados para eles próprios e os seus problemas que para o resto do mundo e o trabalho públicado ontem é sobre consequencias e soluções para o aquecimento global  na américa do norte. Não são soluções politicas própriamente; mais no aspecto de orientar acerca do que esperar das especies de cultivo, etc.

Como boa ciência que é e como abrange várias areas, é um trabalho que integra vários especialistas, cada um do seu ramo. O que foi agora apresentado não é no entanto uma versão final. Para quem tem acompanhado esta questão não deverão haver surpresas. Claro que os negacionistas ou os que "querem ensinar a controvérsia" continuarão irresponsávelmente a dizer que é uma teoria da conspiração ou outra treta do género, mas as evidências e as explicações são tão sólidas como em qualquer outra parte da ciência.

Mais pormenores aqui:

http://www.whitehouse.gov/blog/2013/01/11/expanding-climate-change-conversation


Enviar um comentário