quarta-feira, 27 de maio de 2009

Não critiquem ou nós processamos. (1)

Simon Singh é um escritor de divulgação cientifica, já aqui referido acerca do livro "Trick or Treatment".

Num artigo publicado no "Guardian" intitulado "Beware of the spinal trap", usou a palavra "bogus" para caracterizar a terapia efectuada pelo quiropraticos.

A BCA ou Associação Britanica dos Quiropráticos decidiu processar o Simon Singh e incrivelmente ganhou a primeira ronda (2). O Juiz decidiu que ao usar o termo "bogus" o autor implicava que os quiropracticos tinham consciência de estarem a enganar os pacientes. Algo que Simon Singh diz que não pretendia dizer. E que agora nem tem maneira de provar. Nem interessa realmente.

Mas agora, porque raio é que também não interessa saber se o tratamento quiropractico é ou não eficaz? Não é importante neste caso?

Só porque eles dizem que as doenças se tratam através da manipulação da espinha temos que aceitar que é verdade? Não podemos dizer que não faz sentido nenhum?

(1) O titulo foi copiado de um texto da New Scientist sobre os processos legais em questões cientificas na Inglaterra. Uma tendencia perigosa. Ver:
http://www.newscientist.com/article/mg20227086.200-comment-dont-criticise-or-well-sue.html
(2)http://www.newscientist.com/article/mg20227083.000-chiropractic-critic-loses-first-round-in-libel-fight.html

O que escrevi mais sobre quiropráctica:
http://cronicadaciencia.blogspot.com/2009/05/quiropratica.html
Enviar um comentário