sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Dualismo das Lacunas

O dualismo, para quem ainda se lembre, é o "erro de Descartes". Ou seja, de que mente e cérebro são coisas diferentes. O Discovery Institute, na sua batalha contra a ciência (1), decidiu revitalizar o dualismo e o seu plano já está em pratica.

Mas afinal, no essencial, a estratégia é a mesma utilizada em muitas outras ocasiões. Terão resolvido algo como: " Vamos ver onde existem buracos no conhecimento cientifico, e não importa quão pequenos eles são, vamos lá encaixar os alicerces da nossa teoria. Adicionalmente, vamos fazer a nossa teoria tão abrangente que possamos tirar partido do explicado e do inexplicado. "

Vou tentar explicar melhor. Enquanto que a ciência tenta explicar os fenómenos da mente estritamente em relação com o que se passa no cérebro, o dualismo diz que nem todos os fenómenos da mente são explicados pelo que se passa no cérebro (2). O "nem todos" são os que convenientemente são atribuídos a essa entidade extra-corporal que é a mente. Eles reúnem assim o melhor de dois mundos. De uma vez, metem debaixo da sua alçada toda a neurobiologia, declaram-se como científicos (por essa razão) e "enfiam a mente" nos buracos ou lacunas do conhecimento actual.

Porque é que esta atitude não é científica? Logo numa primeira abordagem porque contraria a navalha de Ockham. O princípio de Ockham, ou navalha de Occam diz que as entidades não devem ser multiplicadas para além do necessário. Daqui se conclui que cada nova entidade que surja para explicar determinada fenomenologia deve encontrar evidencia inequívoca que a suporte. E não vice versa. A mente, se é uma entidade real extracorporal, tem de encontrar provas reais que o suportem.

Por isso, na pratica, como dizia Carl Sagan "em ciência afirmações extraordinárias requerem justificações extraordinárias."

Não se espantem os dualistas, que sejam então desclassificados de científicos apesar dos seus créditos em outras questões.

(1)http://cronicadaciencia.blogspot.com/2008/10/sobre-o-anti-materialismo-actual.html
(2)http://www.evolutionnews.org/2008/02/proving_dr_novella_wrong_imagi.html
Enviar um comentário