quarta-feira, 4 de julho de 2012

Então, apanhamo-lo!

Várias particulas previstas teoricamente já tinham sido encontradas antes. Mas nenhuma com o papel central para explicar o mundo que conhecemos como o bosão de Higgs.

A 4,9 sigma a dúvida razoavel não é lá muito razoavel. Ou a noticia é falsa, ou Higgs é real. O resultado no entanto, por questões formais e porque os fisicos são uns piquinhas, é considerado preliminar. Entre outras coisas tem de ser publicado numa revista com revisão por pares. Tem de ser esmiuçado até ao limite o metodo par ver se pode existir erro razoável. Mas para já, a probabilidade deste anúncio ser feito e ser um erro é muito pequena. 

Provavelmente temos um novo heroi na ciência. Quero dizer, herois na ciência há muitos, mas um que tenha feito avanços colossais como descrever uma particula que explica a existencia de nada menos que a massa, não há por aí aos pontapés. Se não me engano, teremos uma admiração por Higgs que não tem paralelo, desde no mínimo Einstein, já que outros grandes fisicos como Bohr, Shrodinger, etc, nunca tiveram a popularidade merecida.

Provavelmente Higgs será convidado para talk-shows, terá biografias em jornais comuns e a particula de Higgs passará a fazer parte do dicionário comum das pessoas do nosso tempo. Por mim, tudo bem, mais vale tarde do que nunca. 

Mas no ponto em que a ciência está é sempre bom  lembrar que tudo isto assenta no trabalho de imensa gente em milhares e milhares de horas de dedicação e unidas debaixo de princípios racionais que permitem a confirmação independente de resultados e o alcance de consensos.

Dito isto, os meus parabéns ao Professor Peter Higgs, a toda a equipa do Cerne (provavelmente não chega lá mas que eles merecem, merecem), e mesmo que a hipotese remota de ser falso alarme se prove verdadeira, não deixou de ser uma excelente investigação.

Vale a pena lembrar que se não aparecesse nenhuma particula com as peculariedades previstas ficaria provado após pesquisa exaustiva que a particula de Higgs não existe. A ciência prova negativas assim. E o resultado seria, talvez menos espectacular, mas igualmente importante. Saber o que não existe e o que não acontece apesar de muito plausivel é também matéria da ciência.

E já agora, Higgs é ateu e não gosta que falem em "particula de Deus". 

Enviar um comentário