quinta-feira, 20 de maio de 2010

Ser vivo artificial criado em laboratorio "Pela primeira vez"

No principio deste ano lembro-me de ter lido uma previsão que isto ia acontecer. Alguem este ano ia afirmar ter criado vida pela primeira vez. E eu pensei, porque não? So falta conseguir por as peças todas juntas, e isto se considerarmos que RNA a evoluir e a replicar-se sozinho não é vida (1) . Bem, esta quase feito:

Craig Venter, fabricou um cromossoma de raiz e intruduziu-o dentro de um microbio ja existente, substituido assim o DNA original pelo acabado de sintetizar.

Naturalmente que o novo ser vivo não é de facto o anterior. Faz e é o que o novo DNA comanda. Mas é realmente um ser vivo criado de novo? Cá por mim está no cinzento. É meio novo.

O que não fica pela metade é a importancia do sucesso biotecnologico. É completo. Estamos a aproximarmo-nos de poder fazer microbios "à lá carte" para o que for preciso. Se as comissoes de etica deixarem claro. Mas isso é outra questão. Claro que depende dos casos, mas é sabido que alguem vai querer proibir tudo como se isso chegasse para que a tecnologia não seja mal utilizada.

Via SkyNews:

http://uk.news.yahoo.com/5/20100520/twl-scientists-create-synthetic-life-in-3fd0ae9.html

a mesma noticia na New Scientist:

http://www.newscientist.com/article/dn18942-immaculate-creation-birth-of-the-first-synthetic-cell.html

Notas:

(1) http://cronicadaciencia.blogspot.com/2009/01/sobre-origem-da-vida.html

Enviar um comentário