quinta-feira, 2 de outubro de 2008

Truque ou Tratamento?

O livro Trick or Treatment prometia dar que falar desde antes de ser editado. Edzard Ernst, é o único doutorado em medicinas alternativas ou complementares em Inglaterra e chegou mesmo a praticar Homeopatia. Tem publicado frequentemente e pertence à Universidade de Exeter em Inglaterra. Em conjunto com Simon Singh, um escritor científico premiado, doutorado em física, escreveram o livro que em português se chamaria "truque ou tratamento" em que fazem uma revisão das medicinas alternativas e complementares (MAC) e dos estudos existentes sobre elas.

Dedicam algo ironicamente o livro ao príncipe de Gales porque este tem pedido insistentemente que se façam mais estudos sobre as MAC. Charles (Príncipe de Gales), publicou mesmo o seu guia de medicinas alternativas com conclusões bem diferentes.

Não tendo tido ainda a hipótese de ler o livro, parece que as conclusões a que os autores chegam é que as MAC, de um modo geral, não fazem nada e podem até ser perigosas.
Deste site: http://www.sciencebasedmedicine.org/?p=195 de onde colhi a maior parte das informações que aqui deixo, traduzi um pequeno excerto da conclusão do livro:

"enquanto que existe alguma evidência que a acupunctura possa ser eficaz em algumas formas de alívio da dor e náusea, falha em trazer qualquer benefício médico em qualquer outra situação e os seus conceitos de base não têm significado nenhum. Em respeito à homeopatia, a evidência aponta para uma indústria farsante (bogus) que oferece aos pacientes pouco mais que uma fantasia. Os quiropráticos, por outro lado, podem competir com fisioterapeutas em termos de tratar alguns problemas de costas, mas todas as suas outras proclamações vão para além do verosímil e podem acartar um leque significante de riscos. A medicina herbal sem dúvida que oferece alguns remédios interessantes, mas estão em minoria significativa entre os medicamentos desaprovados, não-provados e mesmo perigosos desta medicina que se encontram no mercado."

Ernst actualmente oferece 10.000 Libras por um estudo cientificamente controlado em que mostre que a homeopatia é melhor que o placebo.

Quando perguntaram num programa a Edzard Ernst se ele achava que se devia dar algo a um doente só pelo efeito placebo, ele respondeu: " se o paciente souber".

Simon Singh foi processado pela Associação Quiropráctica Britânica no passado por um artigo que os acusava de saber que estavam a agir incorrectamente. Este livro é como uma pedra no charco devido à credibilidade dos autores. O livro tem recebido boas críticas no geral excepto junto da comunidade MAC que tem feito comentários agressivos.

Penso que se tornará numa leitura obrigatória para médicos, doentes e interessados. Ainda não está publicado em Portugal.

1 comentário:

emanimal disse...

Ele também demonstrou em alguns estudos anteriores (treatments that demonstrably generate more good than harm) uma correlação benéfica entre determinadas práticas alternativas complementares à medicina e alguns males (e.g. tratamento paliativo do cancro).

A crítica, cuja tradução agradeço, que publicaste tem origem num site, já de si completamente céptico às MAC's. Pelo que impõem-se uma leitura ou pesquisa de outras opiniões. Encontrar-se-á outros pontos de vista desta obra; uma por exemplo considera este livro muito útil para a sociedade conseguir filtrar as boas das más práticas mac´s. Uma vez que o autor na obra reconhece várias vezes a utilidade de determinadas práticas mac´s no tratamento de doentes.

Temos de ler o livro e construir a nossa própria opinião.

Ab (tenho de me deixar disto e ir trabalhar!)